sexta-feira, 9 de setembro de 2011

PAI.

Pai
Pode ser que daqui algum tempo, haja tempo pra gente ser mais, muito mais que dois simples amigos..
Pode crer eu vou bem eu tô indo, tô tentando vivendo e pedindo seu carinho, me perdoa essa insegurança é que eu não sou mais aquela criança, que um dia morrendo de medo, nos seus braços você fez segredo. Eu cresci e não houve outro jeito, quero só recostar no teu peito, e pedir pra você ir lá em casa..
te amo  

Nenhum comentário:

Postar um comentário